Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Programação SESC Ribeirão - Março 2016
29/02/2016 21:18 em Arte

EMPODERE-SE!
02 a 31   março   2016

No mês de março, o Sesc Ribeirão Preto traz para a sua programação um projeto especial chamado “Empodere-se!”.

Atualmente, movimentos de luta pelos direitos das mulheres, dos negros, das pessoas homossexuais, bissexuais, transsexuais, transgêneros e travestis, chamam nossa atenção para que nos conscientizemos para o tratamento igualitário, para a autonomia e para a independência completa que estes grupos reivindicam; bem como outros indivíduos, como crianças, idosos e refugiados.

O que se busca aqui é oferecer ao público o sentimento de pertencimento, de acolhimento, além do fortalecimento da identidade de grupos locais, dos indivíduos, suas singularidades, o vínculo da cidade com as experiências de artistas, intelectuais e educadores que farão parte desta programação.

Em seu livro “Identidade”, o sociólogo polonês Zygmunt Bauman (2005) explica que “pertencimento” e “identidade” precisam de cuidados contínuos para que nos tornemos conscientes de nossos papéis na sociedade, uma vez que, por não serem sólidos como uma rocha, necessitam de negociações constantes, já que não são garantidos para toda a vida. Ou seja, são revogáveis. O nosso livre-arbítrio, nossas escolhas e percursos, a intencionalidade que colocamos em nossas ações, são fundamentais para o resguardo e a manutenção do pertencimento e da identidade.

Assim, “empoderamento”, segundo a definição da pesquisadora Leila de Castro Valoura, se deriva do termo “libertação do oprimido”, que foi desenvolvido pelo educador brasileiro Paulo Freire, e significa a conquista da liberdade pelas pessoas submetidas a uma posição de dependência de qualquer natureza.

Desta forma, a programação procura expandir ainda mais os desejos sociais pela igualdade, respeito e convívio harmonioso entre diferenças, propondo questões que convidem o público a refletir, sair de sua zona de conforto e trocar experiências.

Que este “Empodere-se!” seja um dos meios para transformações, um caminho para que as pessoas possam olhar para si mesmas, seus espíritos, suas sensibilidades, enfim, empoderarem-se.


*Trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo credenciados no Sesc e dependentes (Credencial Plena).
*Aposentado, pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e servidor da escola pública com comprovante.
*Credencial Atividades/inteira.


Música Shows

Dona Onete, a mulher paraense Feitiço Cabloco
Com Dona Onete e Banda. A cantora e compositora paraense de 76 anos, nasceu em Cachoeira do Arari. Foi professora de história, secretária de cultura e fundadora de grupos de dança e música regionais. Hoje, ela compõe e canta, nos palcos, as histórias, causos e lendas que, nas salas de aula, durante 25 anos, ela ensinou, fazendo uma mistura atraente entre carimbó, samba, merengue, lambada e guitarrada.
Dia 11, sexta, às 20h30. Galpão. 
400 lugares em pé. 10 anos
R$ 5,00        R$ 8,50        R$ 17,00 


Elza Soares 
A Mulher do Fim do Mundo

O novo trabalho, “A mulher do fim do mundo”, com canções inéditas, é fruto do encontro de Elza com a estética musical contemporânea de São Paulo.
Dia 16, quarta, 20h30. Teatro Municipal.
R$ 12,00        R$ 20,00        R$ 40,00
Apoio: Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto. 10 anos


Johnny Hooker
O músico apresenta seu mais recente trabalho, intitulado “Eu vou fazer uma macumba pra te amarrar, maldito!”. Com uma carreira de mais de dez anos, o músico promove um trabalho que questiona gêneros, linguagens e a própria música brasileira.
Dia 17, quinta, 20h30. Galpão. 
R$ 5,00        R$ 8,50        R$ 17,00       
16 anos

Mahmundi

Marcela Vale, conhecida por Mahmundi, flerta com a música eletrônica, indie, lo-fi e a poesia brasileira, além de fortes influências da música oitentista. Traz o recém-lançado single Eterno Verão, além de canções de seus dois primeiros EPs.
Dia 30, quarta, 20h30. Convivência. Grátis. Livre
Artes Manuais Intervenção

Homem na agulha
Intervenção e oficina com Thiago Rezende e Luís Cambuzano. Técnicas de tricô, crochê e amigurumi para a confecção de peças individuais ou coletivas e unir a tradição a um gesto poético/político: produção contemporânea sem barreira de gênero e idade. 
Dia 12, sábado, das 10h às 17h, Convivência e Dia 13, domingo, das 10h às 13h, Parque Luiz Carlos Raya. Grátis. 
Apoio: Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto


Artes Visuais

Performance
Réquiem para uma Noiva
Com Ed Marte. As relações entre corpo político, espaço e público, arte e vida. além de questões de gênero, feminismo e o universo queer do homem mulher trans, de empoderamento e reafirmação do corpo livre.
Dia 8, terça, às 17h, Calçadão e às 19h, Convivência. Apoio: Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto. Grátis. 

Intervenção

Todos podem ser Frida
Com Camila Fontenele de Miranda. Frida Kahlo uma das maiores pintoras do século XX, é lembrada pela vida de sofrimentos e superações: sua obra de cores vivas refletia sua própria realidade. A partir dessas ideias, fotógrafo e maquiador artístico, transformam homens e mulheres em Frida.
Dia 12, sábado, das 14h às 17h. Convivência e dia 13, domingo, das 10h às 13h. Pq. Luiz Carlos Raya. Grátis. Entrega de senhas no local com 30 minutos de antecedência. Apoio: Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto
Ações para a Cidadania

Oficina
Drag Queen
 
Curso com Zecarlos Gomes. O termo Drag Queen surgiu nos anos 90 quando artistas performáticos passaram a se travestir, cômica ou exageradamente de mulher, para apresentações. O curso trata dessa cultura em exercícios práticos, oferecendo subsídios para a construção da personagem através de técnicas de maquiagem, dublagem, passarela e coreografia além da origem histórica das drags, contextualizada em seu momento sociocultural, e desenvolvimento 
até a atualidade.  
De 2 a 4, quarta a sexta, 
das 19h às 22h. Galpão. 
Inscrições pelo e-mail matricula@ribeirao.sescsp.org.br ou na Central de Atendimento (na mensagem deverá constar nome completo, RG, telefone e o título da atividade). Materiais por conta do aluno. 20 vagas

Palestra
Quem tem medo 
do feminismo?

Com Giulia Crippa. O mundo contemporâneo, as artes e o uso das tecnologias gritam por igualdades. Nisto, ainda presenciamos muitos equívocos sobre o feminismo, suas causas, origens e lutas.
Dia 15, terça, às 20h. Auditório. Retirada de convites com 1h de antecedência. Grátis
Cinema e Vídeo 

Exibição
Filmes que tratam de questões de gênero, sexualidade, feminismo, transfeminismo e universo queer. 
Domingos, 16h. Galpão. 
Retirada de convites com 1h de 
antecedência. Grátis 

Dia 6* TupiniQueens
Brasil | 2015 | 79’ Diretor | João Monteiro. 16 anos
O documentário acompanha a vida de dezenas de drag queens em São Paulo, como Malonna Queenie, Glória Groove e Márcia Pantera. Cada uma delas explica as motivações para criar uma drag, detalhando o processo criativo e o gesto político na noite paulistana. 

Dia 13* De gravata e 
unha vermelha

Brasil | 2014 | 86’ Diretor | Miriam 
Chnaiderman. 12 anos
Com depoimentos de grandes nomes de um mundo transgressor, onde a sexualidade é reinventada, o documentário cria uma vertigem a partir do jeito que cada um encontra de se respeitar na construção do próprio corpo. No uso das roupas e na criação de contornos, vão surgindo formas desruptoras de vida.

Dia 27* Vozeria

Brasil | 2015 | 56’ Diretor | Raphaela 
Comisso. 16 anos
Trazendo reflexões sobre empoderamento, discurso, corpo, desejo, sexismo, identidade de gênero, orientação sexual, transfeminismo e homotransfobia, o documentário entrevista oito pessoas importantes quando se trata do movimento LGBT e dos diretiros humanos, como: João W. Nery, Amelinha Teles e Luana Hansen.

Teatro

Espetáculo
Borboletas de Sol de 
Asas Magoadas

Atuação, concepção e direção: Evelyn Ligocki. A travesti Betty recebe em sua casa seus visitantes-espectadores. Através de uma conversa informal, expondo particularidades de seu cotidiano, Betty pretende humanizar sua figura, desmistificar as travestis, romper clichês e preconceitos. Prêmio Açorianos “Atriz Revelação” - RS e indicação ao Prêmio Qualidade Brasil- Melhor Atriz de Comédia - SP.
Dia 10, quinta, às 20h30. Galpão.   
R$ 5,00        R$ 8,50        R$ 17,00
18 anos


Dança

Espetáculo
Bananas 15
Com Núcleo Artérias. Direção Adriana Grechi.
Espetáculo que trabalha com os conceitos de masculinidade, explorando imaginários, gestos e desejos considerados exclusivamente masculinos. Bananas 15 lida com assuntos propostos no trabalho da artista britânica Sarah Lucas, que expande suas dimensões de gênero e 
sexo através de uma linguagem metafórica 
e provocadora. 
Dia 18, sexta, das 20h30 às 
21h30. Galpão. 80 pessoas
R$ 5,00        R$ 8,50        R$ 17,00
16 anos
Literatura

Palestra
Empoderando Palavras
Quatro vozes atuais e atuantes numa conversa franca sobre o feminino e as ações que desmistificam barreiras e fronteiras: Djamila Ribeiro colunista do site da Carta Capital; Clara Averbuck, escritora e editora do site Lugar de Mulher; Nega Gizza; rapper, apresentadora, ativista e produtora brasileira e Renata Martins, cineasta e representante do Canal Empoderadas.
Dia 22, terça, das 20h às 22h. Auditório. Grátis. Retirada de convites 
com 1h de antecedência. 12 anos

Bate-papo
Empoderando-se na rede
Com Jessica Tauane e Symmy Larrat. 
A representante do Canal das Bee, Jessica Tauane e a coordenadora-geral de Promoção dos Direitos LGBT da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, Symmy Larrat, falam sobre suas atuações nas redes, das ações de conscientização e encontros para troca 
de experiências.  
Dia 8, terça, 20h. Auditório. Grátis. Retirada de convites com 1h de antecedência.
16 anos

Intervenção
Parada Poética

Renan Inquérito convida Luiza Romão no Sarau Preto.O sarau Parada Poética, com curadoria do rapper e poeta Renan Inquérito, se junta ao  Sarau Preto e  à poeta e atriz Luiza Romão. Através de performances poéticas livres, o encontro traz a literatura por meio da palavra falada, cantada e declamada, para experiências provocativas e de empoderamento. Luiza Romão é poeta, atriz e diretora de teatro e e participou de 
inúmeros saraus/slams. 
Dia 5, sábado, das 18h30 às 19h30. Centro Cultural Quintino II. Grátis. 


Meio Ambiente Curso

Papel de mulher 
Eu e meus papéis

Com Papel de Mulher. A oficina busca provocar questionamentos internos sobre como cada um usa e descarta coisas e até pessoas. A intenção é que esses questionamentos se transformem, posteriormente, em atitudes criativas, de respeito e valorização de si mesmo, do outro e do meio ambiente. 
Dias 12 e 13, sábado e domingo, 10h30. Quintal.  Inscrições gratuitas na Central de Atendimento. 40 vagas. Grátis.
14 anos



Idosos 

Filme e bate-papo

Flores de Aço
Dir: Herbert Ross. EUA. 123´. Drama.  
Baseado em peça de Robert Harling, é um filme sensível sobre um grupo de amigas numa pequena cidade do estado de Louisiana. São mulheres de temperamento, idade e classes sociais diferentes, mas que se mantém unidas durante os momentos difíceis da vida. Mediação com os gêmeos, André e Marcos de Castro.
Dia 23, quarta, das 
15h às 18h. Galpão. 
100 pessoas. Grátis. Retirada de ingressos com 1h de antecedência.
12 anos
Tecnologias e Artes

Curso
Literatura de Cordel
 
O poder da linguagem
Com Jarid Arraes. Atuante em eventos de Literatura, Feminismo e Direitos Humanos, Jarid Arraes abordará métrica, ritmo e identidade. O que é e como escrever Literatura de Cordel. Multiplicar os versos e o potencial transformador desta linguagem.
Dias 5 e 6/3, sábado e domingo, 14h. Espaço de Tecnologia e artes. Grátis. Inscrições gratuitas na Central de Atendimento. 15 vagas. 12 anos

Videoinstalação
Mostra Empoderadas

Com Canal Empoderadas. Empoderadas nasceu como uma websérie em formato documental que visa apresentar mulheres negras das mais distintas áreas de atuação (artes, entretenimento, política, empreendedorismo e outras); que possibilitam o empoderamento das demais mulheres. Idealizadora: Renata Martins, cineasta. 

Dia 8* Xongani | Empreendedoras
Dia 9* Thais Dias | Atriz 
Dia 10* Ana Fulô | Bonequeira 
Dia 11* Sharylaine | Rapper 
Dia 15* Ana Koteban | Bailarina 
Dia 16* Alexandra Loras | Consulesa
Dia 17* Mc Soffia | Rapper 
Dia 18* Raquel Trindade | Artista Plástica 
Dia 22* Tula Pilar | Escritora
Dia 23* Leci Brandão | Cantora
Dia 24* Dediane Souza | Ativista GLBT 
Dia 29* Beth Beli | Percussionista 
Dia 30* Luciane Barros| Estilista
Dia 31* Valeria Mota | Psicóloga

De terça a sexta, às 19h30, 
Espaço de Tecnologia e Artes. Grátis

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!