Volume
Redes
Sociais
Programação gratuita no Theatro Municipal em Maio
07/05/2018 - 16h57 em Arte
Happy Hour às segundas-feiras no saguão e Quartas Musicais no Salão Nobre, sempre às 18h
imagem
Happy Hour do Theatro Municipal de São Paulo acontece no hall do Theatro Municipal. Foto: Florence Zyad
O Theatro Municipal de São Paulo tem programação gratuita toda semana.  Às segundas-feiras, no saguão do Theatro Municipal, às 18h, é a vez dos Happy Hour. Dia 7, o trompetista Dan Yuri, da Orquestra Experimental de Repertório, e a pianista Rosana Diniz, que tem mestrado e doutorado - com especialização em piano - na Academia de Música de Lodz na Polônia apresentam Fantasia Eslava em Ré maior, de Carl Höhne, e Peça de Concerto nº 2, de Vassily Brandt.

Na semana seguinte, em 14 de maio, Marília Vargas — uma das mais ativas e respeitadas sopranos de sua geração — realiza um Recital de Canto com as obras Sechs Deutsche Lieder, de Louis Spohr, e Die Hirt Auf Dem Felsen, de Franz Schubert, grandes representantes do romantismo alemão do século XIX.

Para o Happy Hour de 21 de maio, o violoncelista Rodrigo Leandro do Prado, da Orquestra Experimental de Repertório, faz um programa bastante diferente que inclui a canção tradicional de ninar turca Dandini dandini dastana e ainda uma composição de autoria própria que será executada com o instrumento e improvisos com clips de papel. Ainda no programa, Suíte n. 1, de Johann Sebastian Bach, e o primeiro movimento da Suíte n°3 do compositor contemporâneo Aleh Ferreira.

O saguão de entrada do Theatro Municipal é palco da apresentação de Maria Júlia Segura de Azevedo e Gustavo Prates nos violinos, Rodrigo Leandro Prado no violoncelo e Samuel Dionísio na viola, músicos da OER que executam Quarteto de Cordas N.12 “Americano”, de Antonin Dvorák, em 28 de maio.

Encerra o mês no Salão Nobre, no dia 30, também às 18h, a pianista Scheilla Regina Glaser, professora da Escola Municipal de Música de São Paulo há quase 20 anos. A musicista executa um recital com o repertório do CD Peças Breves lançado em novembro de 2017. A apresentação faz parte da série Quartas Musicais. No programa, uma obra de autoria da pianista e compositora alemã Clara Schumann, Vier flüchtige Stücke op. 15, e três peças a Schumann dedicadas: de Ferdinand Quentin Dulcken, Minuetto serioso; de Bedřich Smetana, Vier Skizzen op. 5 e de Hermann Goetz, Lose Blätter op. 7.

A Escola Municipal de Música, a Orquestra Experimental de Repertório e a Escola de Dança de São Paulo fazem parte da Diretoria de Formação da Fundação Theatro Municipal.

Escola Municipal de Música de São Paulo

Uma das mais renomadas instituições de ensino musical da América Latina, a Escola Municipal de Música de São Paulo é responsável pela formação de diversas gerações de músicos em atividade profissional no Brasil e em outras partes do mundo. Fundada em 1969 pelo maestro e compositor Olivier Toni, desde o início de 2013, passou a integrar a Fundação Theatro Municipal de São Paulo. Atualmente é coordenada pelo professor e compositor Antonio Ribeiro e dirigida pelo maestro Sergio Chnee.

Todos os cursos oferecidos pela Escola Municipal de Música de São Paulo são gratuitos e ocorrem na Praça das Artes, centro da capital paulista.

Orquestra Experimental de Repertório

A Orquestra Experimental de Repertório (OER) foi criada em 1990 a partir de um projeto do Maestro Jamil Maluf, e oficializada pela Lei 11.227, de 1992.

A OER tem por objetivos a formação de profissionais de orquestra da mais alta qualidade, a difusão de um repertório abrangente e diversificado, que mostre o extenso alcance da arte sinfônica, bem como a formação de plateias. Suas várias séries de concertos com renomadas estrelas da música erudita e popular, bem como suas montagens de óperas, balés e gravações para TV, compõem uma programação que, há vários anos, vem conquistando público e crítica. Entre os vários prêmios que recebeu está o Prêmio Carlos Gomes, como destaque de música erudita.

De 2014 a 2016, a OER foi dirigida pelo Maestro Carlos Moreno, voltando a ter o Maestro Jamil Maluf como seu Regente Titular a partir de 2017, com o Maestro Thiago Tavares, como Regente Associado.

Serviço:

Happy Hour no Theatro Municipal

Recital de Trompete e Piano

Fantasia Eslava em Ré maior | C. Höhne

Dan Yuri - trompete

Rosana Diniz - piano

Local: Theatro Municipal de São Paulo – Saguão

Data: Segunda-feira, 7/5, 18h.


Happy Hour no Theatro Municipal

Recital de Canto

Sechs Deutsche Lieder, Op. 103 | Louis Spohr

Die Hirt Auf Dem Felsen, D. 965: Op. 129 Romanze | Franz Schubert
Marília Vargas – soprano

Clenice Ortigara – pianista

Local: Theatro Municipal de São Paulo – Saguão

Data: Segunda-feira, 14/5, 18h.


Happy Hour no Theatro Municipal

Recital de Violoncelo

Suíte n°3 primeiro movimento | Aleh Ferreira

Dandini dandini dastana | canção tradicional de ninar turca

Suíte n. 1, Prelúdio | Johann Sebastian Bach
Improviso com clips de papel  | composição própria

Rodrigo Leandro do Prado – violoncelo

Local: Theatro Municipal de São Paulo – Saguão

Data: Segunda-feira, 21/5, 18h.


Happy Hour no Theatro Municipal

Quarteto de Cordas da OER

Quarteto de Cordas N.12 “Americano” | Antonin Dvorák
Maria Júlia Segura de Azevedo – violino

Gustavo Prates – violino

Rodrigo Leandro Prado – violoncelo

Samuel Dionísio - viola

Local: Theatro Municipal de São Paulo – Saguão

Data: Segunda-feira, 28/5, 18h.



Quartas Musicais

Recital de Piano

Andante Espressivo: Vier Flüchtige Stücke, Op. 15 | Clara Schumann

Scherzo: Vier Flüchtige Stücke, Op. 15 | Clara Schumann

Minuetto Serioso | Ferdinand Q. Dulcken

Vier Skizzen op. 5| Bedrich Smetana

Lose Blätter op. 7 | Hermann Goetz
Scheilla Glaser - piano

Local: Theatro Municipal de São Paulo – Salão Nobre

Data: Quarta-feira, 30/5, 18h.
COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!