Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
CINESESC DRIVE-IN NA UNIDADE PARQUE DOM PEDRO II TRAZ NOVAS EXIBIÇÕES NO FINAL DE SEMANA DE 12 E 13 DE SETEMBRO
09/09/2020 11:52 em Cinema
No centro da capital, programação mostra um panorama diversificado da produção cinematográfica nacional e internacional

O próximo final de semana traz o documentário francês Visages, Villares e a ficção uruguaia O Banheiro do Papa

Fotos dos filmes em alta qualidade para imprensa clique aqui

São Paulo, 3 de setembro de 2020 - Desde o final de agosto, o Sesc Parque Dom Pedro II, localizado no Brás, hospeda o CINESESC DRIVE-IN. A proposta é oferecer ao público a oportunidade de ver ou rever o que passou de mais significativo pelas salas de cinema da cidade, apresentando um panorama diversificado da produção cinematográfica nacional e internacional. As exibições acontecem aos sábados, domingos e feriados, às 18h30, com todos os protocolos necessários para garantir a segurança do público. Os ingressos podem ser adquiridos exclusivamente na página do Sesc Parque Dom Pedro II (http://www.sescsp.org.br/pqdompedro) e são liberados para venda sempre às terças-feiras, a partir das 17h, na semana da exibição do filme. Cada ingresso é válido para um veículo por sessão, com capacidade máxima de até quatro pessoas por veículo. Os valores dos ingressos vão de R﹩ 20 (Credencial Plena válida) a R﹩ 40 (inteira), por veículo.

No próximo final de semana (12 e 13/9) o CINESESC DRIVE-IN vai exibir os longas Visages, Villares e O Banheiro do Papa. Indicado ao Oscar de Melhor Documentário em 2018, Visages, Villares, apresentado no sábado (12/9), é um filme feito em parceria entre a diretora Agnès Varda (1928-2019) e o fotógrafo e artista visual JR. Juntos, eles visitam vilas e pequenas cidades da França para conhecer comunidades, pessoas e criar retratos a partir de um olhar sensível e do encontro entre gerações. A classificação indicativa é de 10 anos. Outro longa do final de semana é o uruguaio O Banheiro do Papa, de César Charlone e Enrique Fernández, exibido no domingo (13/9). Baseado em fatos reais, o filme retrata o impacto da visita, em 1988, do papa João Paulo II a uma cidade do Uruguai próxima à fronteira com o Brasil. No panorama de dificuldade de emprego e oportunidades, a vinda do Papa é vista pela população como uma oportunidade de abrandar a pobreza. O filme tem classificação indicativa de 14 anos.

Ainda há ingressos disponíveis para o próximo final de semana (5 e 6/9) e feriado (7/9), quando serão exibidos os longas nacionais Pacarrete e Três Verões (ambos pré-estreias, que ainda não foram para o circuito comercial), e o francês A Invenção de Hugo Cabret. Pacarrete, apresentado no sábado (5/7), é um filme do cineasta cearense Allan Debreton que conta a história de uma bailarina idosa, considerada louca em sua cidade (classificação indicativa: 10 anos). Outro longa nacional, Três Verões, de Sandra Kogut, será apresentado no domingo (6/9). O filme narra a trajetória de Madalena, vivida por Regina Casé, empregada de um rico casal, que pede ajuda ao patrão para comprar um terreno. O filme tem classificação indicativa de 12 anos. No feriado de 7 de setembro (segunda-feira), será exibido o filme A Invenção de Hugo Cabret, do diretor Martin Scorsese, com classificação indicativa livre. Na Paris de 1930, um órfão que vive numa estação de trem se envolve em um mistério sobre o desaparecimento de seu pai.

Muito populares na década de 1970, os modelos de drive-in são cinemas a céu aberto em que os espectadores assistem a um filme de dentro do carro. O Sesc São Paulo já realizou projetos de cinema drive-in em diversas unidades, e durante o período de enfrentamento à pandemia, eles se apresentam como uma forma segura de entretenimento fora de casa. O CINESESC DRIVE-IN tem a capacidade máxima de 30 carros por sessão e, para a segurança dos espectadores, não são vendidos alimentos e bebidas no local. Para acesso aos banheiros, o público deve mandar uma mensagem para o whatsapp da unidade (número será divulgado no local) e será orientado a dirigir-se aos sanitários em ordem, mantendo sempre o distanciamento social. Todos os sanitários estão equipados com lavatórios, sabão e álcool gel 70%.


Como parte dos protocolos de saúde adotados para garantir a segurança de todos, antes do acesso será medida a temperatura de todos os passageiros. O uso de máscara é obrigatório, mesmo dentro do carro. Além disso, será mantida a distância mínima de dois metros entre os veículos. As janelas devem ficar abertas para circulação do ar, no entanto, não é recomendado projetar braços, cabeça ou qualquer parte do corpo para fora. A abertura das portas veiculares deve acontecer somente para uso do banheiro após solicitação prévia. O acesso ao áudio do filme será obtido por meio do rádio do próprio carro, sintonizado via FM, que será informado no telão. Em caso de veículos sem rádio, é possível conectar a rádio FM via celular com fone de ouvido.

Serviço:

CINESESC DRIVE-IN - PARQUE DOM PEDRO II

Ingressos à venda em www.sescsp.org.br/pqdompedro a partir de terça-feira da semana do filmeàs 17h.

Pacarrete

Dia 5/9 Sábado - 18h30

Três Verões

Dia 6/9 Domingo - 18h30

A Invenção de Hugo Cabret

Dia 7/9 Segunda (feriado) - 18h30

Visages, Villages

Dia 12/9 Sábado - 18h30

O Banheiro do Papa

Dia 13/9 Domingo - 18h30

Parque Dom Pedro II

Sábados, domingos e feriados, a partir de 29/08

18h30 (entrada dos veículos a partir de 1h antes da sessão)

Local: Sesc Parque Dom Pedro II

Praça São Vito, s/n - Brás

Os ingressos são liberados sempre às terças-feiras, a partir das 17h, na semana da exibição do filme)

*R﹩ 20 (Credencial Plena válida) e R﹩ 40 (inteira)

**Ingresso válido para um carro por sessão, com capacidade máxima de até quatro pessoas.

***Obrigatória a apresentação da Credencial Plena para conferência da validade e categoria do ingresso, pelo menos uma pessoa do veículo.

****Reserva especial de vaga para pessoas com deficiência.

*****Acesso à Unidade pela Praça São Vito, S/N - Brás, os portões estarão abertos uma hora antes do início da sessão, a partir das 17h30, até 15 min antes do início da sessão. Não será permitida a entrada após o início da sessão.

Sinopses dos filmes:

PACARRETE

(Direção: Allan Deberton, Brasil, Duração: 97’, Classificação Indicativa: 10 anos)

Pacarrete é uma bailarina idosa, considerada louca. Na véspera da festa de 200 anos da cidade, ela decide fazer uma apresentação de dança como presente para o povo. Mas parece que ninguém se importa.

TRÊS VERÕES

(Direção: Sandra Kogut, Brasil, Duração: 94’, Classificação Indicativa: 12 anos)

A empregada de um rico casal pede ajuda ao patrão para comprar um terreno. Ele lhe empresta dinheiro, para ser descontado mensalmente de seu salário, sem que ela imagine no quanto será envolvida em seus negócios.

A INVENÇÃO DE HUGO CABRET

(Direção: Martin Scorsese, França/EUA, Duração: 126’, Classificação Indicativa: Livre)

Paris, 1930. Um órfão que vive numa estação de trem se envolve em um mistério que envolve o desaparecimento de seu pai.

VISAGES, VILLARES
(Direção: Agnès Varda e JR, França, Duração: 94’, Classificação Indicativa: 10 anos)
Uma experiência fotográfica e cinematográfica de dois talentos mundialmente reconhecidos, em uma viagem pelo interior da França.

O BANHEIRO DO PAPA
(Direção: César Charlone e Enrique Fernández, Uruguai, Duração: 130’. Classificação Indicativa: 14 anos)

Em 1988, cidade de Melo, na fronteira entre o Brasil e o Uruguai. O local está agitado, devido à visita em breve do Papa. Milhares de pessoas virão à cidade, o que anima a população local, que vê o evento como uma oportunidade para vender comida, bebida, bandeirinhas de papel, souvenires, medalhas comemorativas e os mais diversos badulaques. Beto (César Trancoso), um contrabandista, decide criar o Banheiro do Papa, onde as pessoas poderão se aliviar durante o evento. Mas para torná-lo realidade ele terá que realizar longas e arriscadas viagens até a fronteira, além de enfrentar sua esposa Carmen (Virginia Mendez) e o descontentamento de Silvia (Virginia Ruiz), sua filha, que sonha em ser radialista.

+ CINEMA NO SESC: A TELA EM TODOS OS LUGARES

Cinesesc

Um dos cinemas de rua mais queridos da cidade, o CineSesc iniciou seu funcionamento em 21 de setembro de 1979, no número 2075 da rua Augusta, na cidade de São Paulo, e se dedica à missão de fomentar a difusão do cinema de qualidade, exibindo obras que muitas vezes ficam fora do circuito comercial nas salas de cinema e plataformas online. Sua programação inclui grandes e pequenas produções do mundo todo.



Além de integrar o corpo de curadores em mostras especiais, o CineSesc também recebe festivais importantes do calendário cinematográfico paulistano, como a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, Festival Mix Brasil e o Festival Internacional de Curtas Metragens de São Paulo, entre outros. O cuidado com a programação tem reconhecimento do público e da crítica, que o elegeu, por diversas vezes, a melhor sala especial de cinema na cidade de São Paulo.

Série Cinema #EmCasaComSesc

Desde o início de junho, o CineSesc realiza a série Cinema #EmCasaComSesc, em sua plataforma sescsp.org.br/cinemaemcasa, com estreias semanais. A iniciativa de oferecer filmes em streaming em sua nova plataforma digital reforça os aspectos que ancoram a ação institucional do Sesc São Paulo, garantindo o acesso a conteúdos da cultura a variados públicos. Com maior presença no ambiente online, o Sesc amplia sua ação de difusão cultural, de maneira acessível e permanente. O público ganha assim mais um espaço para contemplar, descobrir e redescobrir o cinema, a partir de grandes obras selecionadas, disponibilizadas online e gratuitamente.

Os filmes ficam disponíveis por um período determinado, com alterações e novas estreias semanais a cada quinta-feira (considerando a semana de cinema de quinta à quarta-feira). Há ainda possibilidade de prorrogação da exibição, conforme a demanda do público, além de sessões especiais por períodos menores (como 24h, por exemplo). A curadoria do Cinema #EmCasaComSesc conta com a experiência do CineSesc, que segue fechado desde o mês de março, por conta da crise causada pelo novo coronavírus.

+ SESC NA QUARENTENA

Durante o período de distanciamento social, em que as unidades do Sesc no estado de São Paulo permanecem fechadas para evitar a propagação do novo coronavírus, um conjunto de iniciativas garantem a continuidade de sua ação sociocultural nas diversas áreas em que atua. Pelos canais digitais e redes sociais, o público pode acompanhar o andamento dessas ações e ter acesso a conteúdos exclusivos de forma gratuita e irrestrita. Confira a programação e fique #EmCasaComSesc.

+ SESC DIGITAL

A presença digital do Sesc São Paulo vem sendo construída desde 1996, sempre pautada pela distribuição diária de informações sobre seus programas, projetos e atividades e marcada pela experimentação. O propósito de expandir o alcance de suas ações socioculturais vem do interesse institucional pela crescente universalização de seu atendimento, incluindo públicos que não têm contato com as ações presenciais oferecidas nas 40 unidades operacionais espalhadas pelo estado.

Saiba +: Sesc Digital
COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!