Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
DANÇA #EMCASACOMSESC RECEBE IVAN BERNARDELLI COM O SOLO "TROPEIRO"
07/04/2021 17:09 em Arte
Nesta quinta-feira (08/04), o bailarino e diretor da Cia Dual,
Ivan Bernardelli, apresenta o espetáculo solo "Tropeiro", baseado
nas danças desenvolvidas no tropeirismo; a transmissão acontece às 19h
Transmissão ao vivo no YouTube do Sesc São Paulo
e no Instagram do Sesc Ao Vivo

Fotos das atrações para imprensaclique aqui

São Paulo, 07 de abril de 2021 - No ar desde junho do ano passado, a programação Dança #EmCasaComSesc segue em 2021 com espetáculos diversificados, sempre mesclando artistas, companhias e grupos consagrados no cenário brasileiro com as novas apostas. As apresentações acontecem às quintas-feiras, às 19h, no Instagram Sesc Ao Vivo e no YouTube Sesc São Paulo .

Em conformidade ao anúncio do Governo de São Paulo, que reclassificou todo o estado para a fase mais restritiva da quarentena onde são permitidas apenas atividades essenciais, as transmissões do #EmCasaComSesc serão realizadas da residência ou estúdio de trabalho dos artistas, seguindo todos os protocolos de segurança.

Quinta-feira (08/04), o diretor e bailarino Ivan Bernardelli, da Cia Dual, apresenta o solo "Tropeiro". Baseado nas danças desenvolvidas no tropeirismo - cultura de cavaleiros que conduziam tropas de bois, cavalos e mulas pelos extensos territórios do Brasil e da bacia do Rio da Prata -, o espetáculo visita as memórias dos corpos nômades que, após longas jornadas, em suas pausas, dançavam. Propõe olhar um momento solitário de descanso em que o peão tropeiro dança, à luz do fogo, desafiando a si mesmo. A trilha sonora do espetáculo, baseada nas melodias das modas de viola e nos acentos rítmicos do catira, foi criada pelo compositor e violeiro Domingos de Salvi. Após a exibição, acontece um bate-papo com Ivan Bernardelli e Sônia Nanci Paes e Álvaro Augusto Antunes de Assis, integrantes do Centro Nacional de Estudos do Tropeirismo. Classificação indicativa: 14 anos.

Ivan Bernardelli, bailarino e diretor da Cia Dual, desenvolve espetáculos e conduz processos artísticos a partir de mitologias e fenômenos históricos relacionados à cultura brasileira. Há quinze anos investiga as bases técnicas e estruturais das danças desenvolvidas no Brasil ao longo dos séculos, em relação aos contextos culturais, sociais e filosóficos em que se desenvolvem, propondo transposições e releituras por meio das estéticas contemporâneas. A Cia Dual foi premiada, em 2019, pelo FETEG (Festival de Teatro de Guaranésia, MG). Recebeu, entre outros, o Prêmio Arte e Inclusão 2018 e o Prêmio Brasil Criativo 2016. Foi indicada ao APCA 2020, APCA 2017 e Prêmio Bravo! 2017. Além da Dual, Ivan Bernardelli dirigiu espetáculos para a Companhia de Danças de Diadema (SP), a Cia. Sansacroma (SP), o Coletivo Trippé (PE) e para o Grupo Experimental, de Recife (PE). Como bailarino, integrou elencos como o do Balé Folclórico de São Paulo, da Companhia de Danças de Diadema, da Cia. Siameses e da Cie. À Fleur de Peau (França).

#EMCASACOMSESC

A série #EmCasaComSesc teve início em abril de 2020, com um conjunto de transmissões ao vivo das linguagens de Música, Teatro, Dança, Crianças e Esporte - que somaram 13,5 milhões de visualizações, até dezembro do ano passado, no total de 434 espetáculos. Para conferir ou revisitar o acervo completo disponível, acesse: youtube.com/sescsp.

+ SESC NA QUARENTENA

O Sesc São Paulo segue oferecendo um conjunto de iniciativas on-line, que garantem a continuidade de sua ação sociocultural nas diversas áreas em que atua. Pelos canais digitais e redes sociais, o público pode acompanhar o andamento dessas ações e ter acesso a conteúdos exclusivos de forma gratuita e irrestrita. Confira a programação e fique #EmCasaComSesc.

+ SESC DIGITAL

A presença digital do Sesc São Paulo vem sendo construída desde 1996, sempre pautada pela distribuição diária de informações sobre seus programas, projetos e atividades e marcada pela experimentação. O propósito de expandir o alcance de suas ações socioculturais vem do interesse institucional pela crescente universalização de seu atendimento, incluindo públicos que não têm contato com as ações presenciais oferecidas nas 40 unidades operacionais espalhadas pelo estado.

Saiba +: Sesc Digital
COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!